Crime ambiental?

 

bxk139293_abelha-na-flor800

 

 

 

Algumas vezes, para fugir um pouco do futebol, buscamos na midia oficial outros assuntos. Não é tarefa fácil. Afora materias de seu exclusivo interesse, ou de interesse dos partidos que apóiam, radios, jornais e TVs demonstram inequívoca predileção por notícias ruins. As coisas boas que ocorrem parecem não ter valor. Dizem que boas noticias não vendem jornais. Pergunto então: quisesse eu comprar um jornal de boas noticias, onde encontraria um?
Pois bem, isso é um outro assunto, o fato que quero relatar diz respeito a esta noticia que encontrei hoje, no Diario de Canoas.
Ataques de abelhas contra pessoas e animais vem se tornando, nos últimos tempos, cada vez menos incomuns, eu mesmo já presenciei um que resultou na morte de um terneiro. A noticia já não é, portanto nenhuma novidade. Abelhas são animaizinhos extremamente perigosos, há bastante tempo já temos conhecimento do fato.
Porém, se for correta a materia, há algo que desconhecia sobre esses insetos. Segundo o Diario, a remoção de enxames de abelhas, constituiria crime ambiental, já contra os temíveis marimbondos e camotins, tudo é permitido. Será que é mesmo assim? Não é possível.
Abelhas européias, como o proprio nome diz, são de outra região do planeta, são animais exóticos, introduzidos em nosso país por antigos apicultores capitalistas ávidos por lucro fácil. As abelhas nativas, verdadeiramente gaúchas e brasileiras, produzem pouco mel e, coitadinhas, pelo que sei  nem possuem ferrão. Marimbondos e camotins, esses sim, possuem ferrões dolorosos, mas nunca ouvi falar que tenham provocado a morte de qualquer animal ou ser humano.
Não posso concordar, de forma alguma, que se tente fazer a remoção de uma colmeia de abelhas, isso é tarefa para especialistas. Mas posso, ainda muito menos concordar, que o ataque a animais exóticos seja considerado crime ambiental, ao passo que o mesmo ataque, se perpetrado contra animais nativos, não o seja.
É por essas e outras que, volta e meia, sinto vontade de ler jornais. Noticias como essa, se não me fazem feliz, ao menos me fazem menos só, afinal de contas, pelo que li, não devo ser o único burro do mundo.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s