Consumo mata a mata.

 

mata atlantica

Em uma sociedade primitiva, extrativista, destas que já não existem mais hoje em dia, locais como este da foto acima seriam muito comuns e vistos como fonte de geração de vida e recursos.

Mas já não vivemos assim, nossa economia hoje se baseia em consumo. A cadeia está fechada: destruição, industrialização, consumo e descarte.

Nosso capitalismo neoliberal especializou-se em gerar exclusão e acentuar diferenças. Para quem nasce pobre, realmente pobre, é muito difícil deixar esta condição. Pobres e muito pobres são, cada vez mais, empurrados para as periferias, coagidos a habitarem locais inadequados e áreas de risco.

Por tudo isto, não acho nem um pouco difícil aceitar a ideia de que locais como o da foto acima acabem se tornando, se é que já não se tornaram, iguais a este da foto abaixo.

sub-habitação

Será que isso um dia terá fim?

Ou será que nós é que teremos?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s