Um Flamengo “muito estranho”.

 

essa foi a cena mais assistida no jogo de ontem

 

Não dá para discordar de Ronaldo Angelim quando diz que “foram dois jogos muito estranhos”.

Se a facilidade com que o Flamengo permitiu a virada do Sport, na Ilha do Retiro, permitindo que marcasse quatro gols em oito minutos, nos deixou surpresos, a facilidade com que o time carioca perdeu para o Coritiba, ontem, no Couto Pereira, nos deixa desconfiados.

Não assisti ao jogo, apenas assisti aos gols da partida. A colaboração dos jogadores flamenguistas nos gols do adversário ficou evidente. Não digo que tenha havido a intenção, mas, mesmo que tenha sido sem querer, os flamenguistas facilitaram muito as coisas.

O primeiro gol do jogo, marcado contra, por Welinton, é muito difícil de entender, se ficarmos só pelo que vemos na imagem da TV, não há como deixar de imaginar que aquilo não foi um acidente. A imagem nos deixa a nítida impressão de que Welinton sabia o que estava fazendo, o lance é típico de um atacante goleador, matador frio que, na cara do gol, com toda a calma e categoria, apenas coloca a bola nas redes. Não deve ter sido isto o que aconteceu, mas, lamentavelmente, foi a impressão que passou.

E isso é para ficarmos apenas no primeiro gol. Há muitos outros (foram cinco gols, cinco). As falhas de Bruno foram gritantes. Parecia que ele estava tentando per…

Melhor parar. Não é justo acusar os atletas. Afinal, quem juga por imagens, deve levar em conta o fato de que ainda não foi inventada uma câmera que filme o pensamento dos atletas, pois só assim poderíamos ‘ver’ a sua intenção. Imagens podem muito bem denunciar os fatos, mas, raramente, nos revelam suas causas.

O Flamengo tem problemas com a folha de pagamento, o Imperador também parece ser mais um problema, há quem diga que o tratamento diferenciado que recebe do clube incomoda a seus companheiros, é compreensível, ou talvez o que incomoda seja mesmo o Cuca. Sei lá, não sei por que o Flamengo foi, mais uma vez goleado. Não sei por que ele perdeu, mas que parece que perdeu por que quis, parece.

 

Anúncios

Uma consideração sobre “Um Flamengo “muito estranho”.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s