A pelada da manhã.

 

Hoje pela manhã, lá na África do Sul, o time de Dunga voltou a jogar. Venceu aos Estados Unidos por 3 a 0.

Para quem não pode assistir, só tenho duas palavras a dizer: Que pelada!

Até Júlio César, o craque da Seleção, andou apresentando algumas falhas, acho que contaminado pela ruindade geral do time.

Das mudanças que o treinador fez na equipe, penso que Ramirez foi quem melhor aproveitou a oportunidade recebida. A troca de Kléber por André Santos foi como trocar seis por meia dúzia ou o nada pela coisa nenhuma. Maicon, que fez um gol, provou, ao menos para mim, que deve mesmo continuar no banco.

Mas, tudo bem! O time de Dunga ganhou de novo. Não vou querer discutir contra isso.

Mais tarde, já que estamos falando de Copa das Confederações, o Egito, que quase não perdeu para o Brasil, acabou vencendo à Itália. Que papelão fez a turma da pizza. Talvez se possa pensar que foi o futebol egípcio que cresceu. Até concordo. Mas na verdade, o que mais contribuiu para os resultados surpreendentes obtidos pelos construtores de pirâmides foi o enfraquecimento de Brasil e Itália.

Os atuais campeões mundiais e os canarinhos penta campeões não vivem um grande momento.

Dunga pensa em poupar titulares contra a Itália (de novo?). Sei lá, talvez fosse a hora de matar logo um dos inimigos. Depois, convenhamos, num torneiozinho tão curto como esse, poupar jogadores não deixa de ser frescura.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s