O Porco vai passar o Galo. Logo, logo.

Num jogo onde Ronaldo Fenômeno, literalmente, não aguentou o próprio peso, o agora ressurgido Obina, literalmente foi melhor do que Eto’o. O Palmeiras de Jorginho humilhou o Corinthians de Mano. Fez três a zero. E podia ter sido pior.

Agora o Verdão, que logo terá Muricy Ramalho, encostou de vez no Galo de Celso Roth que, ao perder em casa para o Goiás, só permanece na liderança em razão da vantagem de um gol que tem no saldo. Teria sido este gol marcado naquele pênalti ‘inventado’ contra o Grêmio? Ou esta vantagem seria fruto daquele gol do Santos, mal anulado por Djalma Beltrami? Dois erros que significaram, além de mais dois gols no saldo, mais quatro pontos na classificação geral.

Se o Campeonato Brasileiro fosse Fórmula 1 acho que o Atlético-MG poderia ser chamado de retardatário. Está chegando a hora de sair mesmo da frente. Creio que o time do ‘professor’ Celso já começa a ver as bandeiras azuis sendo agitadas à beira da pista.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s