Aprenda, Senador, que só existe um Brasil.

 

Pode parecer que não exista nada pior do que não fazer oposição às ditaduras. Pode parecer. Porém eu, que não sou nenhum cientista político, sou apenas um simples eleitor tentando avaliar candidatos, já descobri que há algo ainda pior: ser ‘a oposição consentida’.

Nos tempos da ditadura militar, quando ‘pensar’, mesmo que em sonho, contra o governo vigente, já era considerado subversão e dava cadeia, Pedro Simon já estava lá, no MDB, que era ‘a oposição consentida’ pela Arena.

O MDB, que virou PMDB, jamais fez oposição a ninguém em Brasília, apoiou Sarney, Collor, Itamar, FHC e agora apóia Luis Inácio. Ser oposição não é assim tão fácil, até porque, é preciso ter opinião própria. Ter alguma noção daquilo que é certo ou errado. E o que é certo, para o PMDB, parece ter sido, até hoje, uma única coisa: manter os dentes na teta.

O Senador Simon, que é senador há uns duzentos anos, já usufruiu bastante das vantagens que a política oferece.

Essa conversa de que o PMDB do Rio Grande é diferente dos outros PMDBs que existem no Brasil, já não faz sentido. Só existe um PMDB, assim como só existe um PSDB, um só PT ou um só PSOL. Aprenda, Senador, que só existe um Brasil.

Nenhum eleitor brasileiro é obrigado a ser de esquerda ou direita, socialista, liberal, comunista, ou seja lá que rótulos um eleitor possa ter. Mas cada um dos eleitores brasileiros tem, a cada eleição a oportunidade de mudar uma das faces mais marcantes do país: a da impunidade.

Ainda que não possamos colocar qualquer político corrupto na cadeia, ainda que não possamos cassar mandatos de políticos displicentes e acomodados, ainda assim podemos evitar que escapem impunes. E é muito simples: votando nos outros.

O Brasil é o pais da impunidade? Talvez seja mesmo. Isso é culpa do legislativo? Do judiciário? Talvez. Mas o que importa é que, para os crimes políticos, a punição não depende só destes dois poderes. Nestes casos o poder é do povo, é o voto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s