Percebendo-nos.

 

O conflito entre direita e esquerda está incrustado em nossos cérebros. O lado esquerdo do cérebro comanda o lado direito do corpo e vice-versa. A disputa pelo controle de um e outro será eterna. O Eu coletivo e o Eu individual não se misturam, não socializam.

Mas o que resta descobrir é: eu tenho um cérebro, ou um cérebro tem a mim? Quem está no comando? Será que estou pensando ou é meu cérebro quem me faz pensar que estou?

Será que sou apenas o corpo e que ele é quem realmente é o ser?

No fundo apenas queremos que tudo dê certo, que todos sejam iguais.

Seríamos, mas é que existem os da direita. Então começa tudo outra vez, um ciclo perpétuo, é como nascer e morrer. É a vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s