ninguemnacional 0x0 Grêmio – Campeonato Brasileiro 2010

A décima oitava posição não é uma colocação merecida para um clube das grandeza e tradição do Imortal Tricolor, porém não podemos considerar surpresa que um clube dirigido por uma dupla despreparada e pouco capaz como a formada pelos doutores Duda e Meira esteja nesta colocação. É merecido. A verdade é que o doutor Meira  está virando piada, o rádio esportivo gaúcho está se enchendo de ‘humoristas’ que o imitam em suas tristes entrevistas e ele, e por extensão o Grêmio, estão virando piada.

O Tricolor apenas conseguiu quatro pontos nas últimas cinco rodadas, faz uma campanha capaz de levá-lo mais uma vez à série B e nosso querido Meira fica achando que a culpa é da imprensa, ironizando a torcida que comemorou o título do Gauchão e afirmando que “o Grêmio deveria ter vencido” tanto o Gre-nal quanto o jogo passado, contra o Cruzeiro. Pode até ser, mas é aí que está o problema. A exata razão de o Tricolor ter sido rebaixado em 2004 foi porque “deveria ter vencido” um monte de jogos que não venceu. É verdade que a arbitragem foi muito ruim, que não marcou dois pênaltis claros, que foi muito mais rigorosa nos cartões com o Grêmio, mas a maior de todas as verdades, a que fica e que importa, é que o Imortal não venceu, não somou pontos e permanece entre os últimos do campeonato.

Não dá pra desconsiderar também o fato já sabido e aceito de que o atual presidente Duda Kroeff é da mesma linhagem e “perfil” do ex-presidente Flávio Obino, e até agora não demonstrou um pingo a mais de capacidade do que Obino demonstrou em 2004, então não temos o direito de duvidar de que um trabalho tão incrivelmente parecido acabe nos trazendo um resultado exatamente igual. Esse negócio de ser imortal é muito bom e até muito bonito, mas o Tricolor não tem o direito de querer ficar brincando de Imortal, caindo toda hora. Uma hora a torcida pode cansar e as reações são imprevisíveis.

Eu sei que ainda parece cedo para começar a falar em rebaixamento, mas essa é uma preocupação que tenho desde meados de 2008, quando Duda Kroeff foi eleito. E, além do mais, é melhor pecar por excesso do que por omissão, ainda mais quando se torce por um clube que é presidido, dirigido e aconselhado por um grande número de omissos.

Quanto ao Gre-nal propriamente, até concordo que o Grêmio tenha jogado melhor e merecido a vitória. Mas que diferença faz? O Grêmio não venceu. Silas escalou os jogadores que tinha e fez as alterações que podia. Todas as alterações foram para deixar o time mais defensivo, um absurdo para quem necessitava urgentemente de vitória. Mas como fazer diferente? Afora Jonas e Borges, que outras opções tem o treinador para tornar o ataque eficiente? Só uma discordância: continuo achando que Maylson é muito ruim e que não merece ser titular do time de Silas, mas penso que sua saída, para a entrada de Edilson, foi um grande erro, Ferdinando é quem deveria ter sido substituído. Afinal, o que pretendia o treinador quando, ao fim do jogo, tinha em campo um time com três volantes, três meias e apenas um atacante? Será que ele pretendia fazer um gol e vencer?

Só se fosse por sorte.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s