Grêmio 0x2 Cruzeiro-POA–É brincadeira!

 

Carlos Alberto jogou pouco e ainda acabou expulso Foto Agência Estado

Que o Renato é um cara malandro, não há quem discorde. Que o cara é muito foda, todos concordam e o próprio Fábio Rochemback testemunhou ao final da partida contra o Caxias. Mas há limite para tudo. Por mais fã que eu seja do Renato, por mais que eu seja um puxa-saco do Portaluppi, hoje não tem como aliviar. Faltou um pouquinho de inteligência ao Renatão.  Nem estou me preocupando tanto com a derrota de hoje, não é isso. Ainda que eu me inclua entre aqueles gremistas que realmente acreditam que treino é jogo e jogo é guerra, e ver o Grêmio escalado deliberadamente para perder, como foi o caso de hoje à tarde, me irrite profundamente, não acho que isso seja o mais importante. Quero ganhar o Campeonato Gaúcho, quero ganhar tudo e, especialmente, quero ver o Grêmio ganhar a Libertadores. O argumento, ou pretexto, de Renato para [tentar] justificar a equipe escalada para enfrentar o Cruzeiro-POA foi exatamente a necessidade de poupar forças para a Libertadores. Isso não está totalmente errado. Porém, essa não é a melhor estratégia. Se o Grêmio pretende mesmo chegar “com tudo” até a final da Libertadores, não deveria, então, descuidar-se da Taça Farroupilha. Que melhor maneira encontraria o Imortal de chegar completamente inteiro até as fases decisivas da Libertadores da América, do que ganhando a Taça Piratini e evitando, assim, o desgaste de duas partidas extras para a decisão do desvalorizado Gauchão 2011?

>>> Veja os gols de Grêmio 0x2 Cruzeiro-POA

Todo gremista recorda a campanha ‘quase’ vitoriosa de Renato e seu Fluminense na Libertadores de 2008. O que talvez alguns tenham esquecido é a declaração dada pelo Portaluppi de que iria “ganhar a Libertadores e apenas brincar no Campeonato Brasileiro”. Todos sabem o que aconteceu. O Fluminense não ganhou aquela Libertadores e de tanto brincar no Brasileirão quase acabou rebaixado. Renato perdeu o emprego e foi parar no Vasco, onde foi realmente rebaixado. E tudo começou numa simples brincadeira.

Mudar a cor do cabelo não deu mais futebol a Carlos Alberto Foto

Não estou dizendo que é isso o que vai acontecer com o Tricolor. Não, claro que não, não queremos isso. O que estou dizendo é que escalar o time de hoje foi brincadeira, sacar Mário Fernandes no intervalo e permitir que Carlos Alberto seguisse em campo foi brincadeira, tomar as dores do amigo e ser expulso por causa das bobagens do cara de cabelo azul já é mais do que brincadeira, isso já chega a ser molecagem. Chegar ao final do jogo perdendo por dois a zero, dentro do Monumental, e com Clementino de capitão, daí é overdose. Muita brincadeira numa tarde só, e tudo bricadeira sem graça, de mau gosto.

Pare com essas coisas, Portaluppi. Quer brincar? Então brinque de ganhar, meu velho. É muito mais divertido.

Anúncios

4 opiniões sobre “Grêmio 0x2 Cruzeiro-POA–É brincadeira!”

  1. muito bom o texto mas tem jogadores que não tem mais condiçoes de jogar no gremio caso de maylson que a torcida idolatra ru acompanho todos os jogos do gremio e maylson nunca acerta nada da um carrinho e a torcida enlouquece não da pra entende
    mas se vc ver na epoca do silas tava maylson e fernando e bergson e aonde o grmio foi parar na zona no g4 começo acredita em coincidencias bergson saiu pelo menos falta esses dois principalmente maylson empresta para pega experiencia assim como fizeram com o bruno collaço
    show de bola tb sou fã de renato e puxa saco mas hj ele errou

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s