Rei por rei prefiro o da Azenha

renato.gauchoDe repente estamos todos felizes, curados da depressão de uma eliminação na Libertadores e a perda de um simples turno de Gauchão. De repente, até aqueles que, afobadamente, pregavam a necessidade de demitir o treinador começam a considerá-Lo um grande ‘entendido’ das táticas do futebol.

Nem oito, nem oitenta. Renato não tinha nada que ser demitido, nem é, também, o melhor treinador do mundo. Ele apenas é o melhor treinador para o Grêmio neste momento. Quem senão Ele teria a paciência e a dignidade de não reclamar do descaso da atual direção do clube? Quem senão Ele?

A cada semana o Grêmio perde parte de seu elenco, vitimada por lesões musculares ou atingida por cartões que normalmente atletas de outros times não recebem. A cada vez que precisa escalar um time, Ele dispõe de um grupo de quinze ou dezesseis atletas, e dali tem que escolher dez para jogarem. Ninguém leva em consideração que, às vezes, muitas vezes, desses quinze ou dezesseis, muitos têm características semelhantes ou são da mesma posição, mas não importa, Ele não reclama, Ele ‘inventa’ um time e toca a vida.

Não foi possível arrancar a classificação na Libertadores, no entanto, considero extrema injustiça culparem Renato e o time que foi a campo – os que ainda restavam e podiam ir a campo – pelo insucesso na competição. Afinal, não fosse por Ele nem teríamos chegado à Libertadores.

Ontem foi apenas um pequeno passo na direção da conquista de um pequeno título, mas ganha a dimensão de um grande feito porque conseguido em cima de um grande rival. Ainda falta mais um passo, mais um Gre-nal, e não devemos considerar impossível um resultado adverso. O Grêmio, porém, tem treinador, parem de discutir esse assunto.

Vamos ao Monumental no próximo domingo, alentar nosso Grêmio, aplaudir nossos atletas e (Oxalá!) comemorar mais um Gauchão conquistado. Vamos discutir as atitudes (ou a falta delas) de nossa direção, surpreendentemente ruim em 2011. Vamos discutir as decisões do árbitro, os preços dos ingressos, as condições do clima. Vamos discutir qualquer coisa, mas não vamos mais discutir quem é o melhor treinador para o Grêmio. Afinal de contas. rei por rei, sou mais o da Azenha, pois o Rei de Roma, sinceramente, nem treinador parece ser.

Anúncios

Uma consideração sobre “Rei por rei prefiro o da Azenha”

  1. Eu,Dr.Clevson Cunha tento acompanhar o meu time sempre que posso,até no meu escritorio aqui no coloquei uma tv de 42 so pra não perder nada sobre o Gremio.Uma certa vez um amigo me convidou á assistir a um jogo do juniores e fiquei contente com a nova safra de craques e lá eu enxerguei um talento que não é daqui ,soube que veio de um time de São Paulo.Se trata de um garoto cujo apelido é Berg,um meia atacante com uma velocidade incrivel.Portanto,senhores dirigentes para de pagar salarios altos á quem não quem nem quer correr e sobe logo esse garoto ai,tenho certeza que a tocida vai agradecer.Grandes times estão trendo resultados em revelar novos talentos ,Santos,São Paulo,Flamengo,entre outros,ja imaginou esse Berg e o leandro,nosso time vai ficar pura alegria,um futebol descontraido como fizeram os garotos da villa.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s