Grêmio 100%. E a gente acha que tá cuidando

Grêmio 100%. E a gente acha que tá cuidando

Quando a gente ama, claro que a gente cuida. Peninha escreveu isso, Caetano cantou.

A gente que é gremista e que ama o Grêmio acima de tudo gosta de acreditar que, ao associar-se ao clube e ir ao estádio assistir e apoiar o time, na verdade está cuidando do Grêmio. Às vezes a gente canta, às vezes a gente grita e aplaude empurrando o time. Às vezes a gente vaia. Mas as coisas são mesmo assim, né? Na vida, às vezes a gente chora de dor, às vezes de felicidade. Torcer pelo Grêmio é assim também.

No meu caso, nada me irrita mais, nada me dá mais vontade de vaiar, do que demonstrações de falta de capacidade ou vontade. Mas acho que isso é o que ocorre com a maior parte dos torcedores do mundo inteiro.

Grêmio 100%. E a gente acha que tá cuidando
Grêmio 100%. E a gente acha que tá cuidando

Odone e Pelaipe ainda não tiveram a capacidade de contratar um zagueiro realmente merecedor da titularidade no grupo. Tem gente falando que Naldo tem grande chance de vir para a Azenha, tem gente negando essa informação. O velho diz-que-diz que só serve para confundir o torcedor. Sei lá se Naldo vem ou não vem. Tomara que venha logo. Se não for ele, que seja algum outro do mesmo nível. Algum zagueiro realmente qualificado, capaz de evitar que Victor tenha que passar por alguns grandes sustos como os pelos quais passou na noite de ontem. Não precisava ser assim, não deveria ter sido assim, especialmente considerando que o Tricolor jogava em casa contra um time que até agora não conseguiu um único ponto jogando como visitante. Faltou qualidade defensiva ontem – de novo -, e isso ocorreu porque há bastante tempo está faltando competência da parte de nosso executivo de futebol. Desculpe-me, Pelaipe, mas está faltando mesmo. Vaias, portanto, para a incompetência da direção.

Mas a vitória veio, mais uma sob o comando do invicto Luxemburgo. Fechamos o mês de março com aproveitamento de 100% . Ganhamos todas, ganhamos de todos. Que bom!

É bem verdade que o nível dos adversários que enfrentamos não foi lá dos mais elevados. Até bem ao contrário disto. Mas o fato que mais me agradou na vitória sobre o Avenida ontem foi o modo como o Imortal encarou a partida. O Grêmio, desde os primeiros momentos do jogo, deixou bem claro que estava ali disposto a vencer. Muito disposto. O Tricolor fazia absoluta questão de ganhar do Avenida. Talvez por Kleber, talvez pelo próprio grupo, talvez por alguma razão que eu desconheça, talvez pelo simples fato de que se trata do Grêmio, ou simplesmente porque o atual grupo do Grêmio esteja mesmo disposto a ser campeão. Que tal começar sendo campeão gaúcho, hein? Já é um começo, né? Depois vêm os outros títulos. Gostei do Grêmio ontem, gostei da disposição, gostei da dedicação, gostei de quase tudo. Só não gostei da zaga. Palmas, portanto, para a vontade de vencer do time.

Às vezes a gente vaia, às vezes a gente aplaude. Às vezes a gente é chamado de fanático, às vezes de corneteiro. Mas isso tudo é só porque a gente ama e acha que está cuidando.

  1. Leia mais sobre Grêmio 4×0 Avenida
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s