Estrela Cadente

Estrela Cadente

 

 

Anoiteceu.

Estranha noite sem luar nem estrelas, sem sons, sem fim.

Através desta noite escura, sem sono e sem sonhos, perambulo vazio a caminho de lugar nenhum.

Ninguém segue comigo.

Apenas eu na silenciosa escuridão.

 

Estrela Cadente

 

Brilho fugaz riscou o céu recentemente.

Acreditei fosse chegado, enfim, o amanhecer.

Não era o sol.

Não trouxe o dia.

Estrela cadente, luz passageira.

Luziu na escura noite apenas brevemente.

Veio e se foi, nem soube de mim.

Sequer notou que eu a notara.


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s