Grêmio perde no Olímpico e Lucas Coelho brilha ainda

Em jogo de pouco público, Canoas cala o Monumental ressuscitado por Koff. (Foto: Wesley Santos)
Em jogo de pouco público, Canoas cala o Monumental ressuscitado por Koff.
(Foto: Wesley Santos)

No mundo do futebol, certas coisas parecem pertencer mesmo somente aos torcedores. A paixão, o sentimento, a capacidade de amar, sofrer e chorar por um clube, seus símbolos e sua história, são algumas destas coisas. Jogadores, treinadores e outros profissionais não sofrem desse mal. Acho que os meninos do Grêmio nem perceberam que estavam participando de um jogo, queiramos ou não, que ficará para a história, pois significava o cancelamento, por enquanto, do fim do Monumental. Ontem ressuscitava o estádio que todos já davam como morto. Eles nem se deram conta do quanto seria importante vencer o fraco time da minha cidade. O Grêmio acabou derrotado na reabertura do Olímpico. Que pena! Que merda!

Depois da derrota contra a LDU confesso que não dei maior importância ao jogo de ontem, contra o Canoas, pelo Gauchão 2013.

Já ando cansado de toda essa discussão em torno da Arena. Já tá cansativo ver todo esse monte de gente, e algumas até se dizem gremistas, ficarem todo o tempo apenas vendo defeito no novo estádio do Imortal.

Eu mesmo já havia dito antes que não via problemas se o Grêmio voltasse a jogar no Monumental. O que de fato ocorreu ontem. Para mim, isso não diminui em nada a importãncia da Arena. O fato de termos dois estádios e podermos escolher em qual mandar nossos jogos deveria ser saudado como algo positivo. Um fato, talvez, inédito no Brasil. Eu mesmo não sei de outro clube do Brasil ou de outro país que disponha de dois estádios próprios com capacidade para 50 mil pessoas ou mais. Alguém sabe?

Pois é, então não tem nenhum problema se a gente continuar jogando no Olímpico. “Quase” nenhum ,aliás.

Voltar ao Monumental depois de todas as demonstrações de amor da torcida por seu velho e vitorioso estádio, e perder pro Canoas é dose.

Eu sei que era só mais um joguinho de Gauchão, que o time era de gurizada e que blá, blá e blá. Mas não precisávamos ter perdido na reabertura do estádio.

Acho que o Mabília se perdeu nos elogios recebidos desde o último domingo, meus inclusive, quis bancar o entendido e se deu mal.

Mas para que não se diga que, na volta do Imortal ao seu velho lar, tudo foi só desgraça, tivemos a confirmação de Lucas Coelho. Mais uma vez ele fez gol. Lucas Coelho parece ser uma pedrinha que brilha no meio de tantos cascalhos e pedregulhos que tem lá na base do Grêmio. Se é joia, se é mesmo pedra preciosa, não dá pra se ter certeza, mas que o garoto tá brilhando, ah, isso ele tá.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s