Lei Imperial nº 3.353

Lei_Áurea

 

 

 

 

Você conhece a Lei Imperial nº 3.353? Claro que conhece. Qual brasileiro não ouviu, desde criancinha, sobre a famosa Lei Áurea?

Sancionada em 13 de maio de 1888, a Lei Imperial nº 3.353 ainda não ‘pegou’ de fato. 

Eita, Brasilzão, terra adorada…!!

O Brasil tem um jeito tão brasileiro de ser que proporciona coisas desse tipo. Aqui tem lei que ‘pega’ e lei que não ‘pega’ de jeito nenhum. É o jeito da gente. Quem não quiser, não aceite. A gente, por enquanto, é assim.

A Lei Áurea objetivava abolir a escravidão. Devolver aos negros contrabandeados da África sua condição de seres humanos.

Quando eu era uma criança inocente acreditava na eficácia desta Lei. Hoje sei que ela é apenas mais uma daquelas que não pegaram.

Depois de tudo o que ocorreu nestes últimos dias, e sendo esse um blog visceralmente gremista, pode parecer que esta postagem esteja relacionada aos fatos ocorridos na Arena durante a partida contra o Santos. Alguém pode achar que eu esteja querendo retomar o tema das acusações de racismo que pesam sobre todos nós, os gremistas, de forma generalizada. Mas não, não é isso. O tempo sempre coloca tudo no lugar, e eu, aos poucos, vou me conformando com a minha condição de racista, ainda que não o seja.

Mas espere… se o tempo realmente coloca cada coisa em seu lugar, porquê ainda existe gente escrava?

Estamos no Século XXI, e a condição humana de tal forma afastou-se de sua condição natural que todos nos tornamos escravos.

Creio que o mundo inteiro, mas o Brasil em particular, está repleto de escravos.

A proliferação dos templos evangélicos, desde os bairros mais nobres até os mais humildes, e a invasão televisiva dos falsos profetas produzem milhões de escravos da fé. Tem gente que acha que Jesus é a resposta para tudo. Se você perguntar a um escravo da fé quem pode salvar o mundo, ele dirá que é Jesus. Se lhe perguntar quem tem o poder de curar todos os males da humanidade, ele responderá que é Jesus. Pergunte a um escravo da fé o que é a luz e ele responderá que a luz é Jesus. Que bonito. Mas pergunte quanto é duas vezes três e ele reponderá que é Jesus também.

Tem gente que é escrava da mídia. Gente que crê na Globo tal qual o crente crê na Bíblia. 

Tem também os escravos políticos, escravizados por ideologias que não seriam jamais capazes de explicar, pois nem ao menos as conseguem entender. 

Da pequena parte do mundo que habito eu vejo muitos escravos. Dentre todos, nenhum pior do que aqueles que se deixaram escravizar pelo dinheiro. Os escravos do capital, os capitalistas, são, de longe, os piores tipos de escravos, pois sua servidão ao brilho falso da riqueza os faz capazes de destruir, roubar e matar. Por dinheiro, um capitalista destruirá a terra, contaminará rios e mar, poluirá o céu, e ainda achará que valeu a pena.

Para lucrar mil reais, um bilionário capitalista (redundante não? só capitalistas se tornam bilionários) será capaz de escravizar seus semelhantes. 

Foi assim no passado, é assim ainda hoje

O tempo não põe coisa alguma no lugar, ou então ele põe e sou eu que não sei nada.

Trabalhadores trabalham e produzem. Capitalistas colhem os frutos do trabalho. Vai ver é esse o lugar de cada coisa. Vai ver a Lei Imperial nº 3.353 não tinha que pegar mesmo.

A vida inteira eu pensei sobre o quão mais lindo seria o mundo onde não houvessem ganância e riqueza, onde os trabalhadores não tivessem que ser explorados por aproveitadores, onde não existissem os escravos. Pensei, pensei e pensei, e de tanto pensar acabei por tonar-me, eu também, um escravo dos meus pensamentos.

Vai ver o tempo não passa e as coisas estiveram todo tempo em seu lugar.

Ou vai ver o tempo passa rápido e sou eu que, agora velho, já não consigo encontrar o lugar das coisas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s