Arquivo da tag: Vasco

É o Celso, né?

A evolução só é possível através da constante aprendizagem. É preciso estar sempre aprendendo. Alguns dizem que “é errando que se aprende”. Não chego a tal ponto, mas acredito que ‘também’ se pode aprender com os erros, tanto quanto se aprende com os acertos. Erros, próprios ou alheios, podem sim ser uma valiosa lição.

Nosso treinador, o querido Celso Roth, com toda certeza, não é o tipo de pessoa capaz de extrair lições dos erros que comete, nem dos erros que vê outros cometerem. Se Celso Roth fosse capaz de aprender com as derrotas, sua carreira não seria essa monótona repetição de insucessos. Seria? Monotonia essa, aliás, apenas interrompida por um favor a ele prestado (e jamais reconhecido) pelo uruguaio Fossati.

O ‘professor’, após a vitória sobre o São Paulo, no Monumental, saiu contando vantagem e acusando o adversário de ter sido “soberbo” em sua postura. O Grêmio de ontem, contra o Vasco, foi o quê? Será que não foi isso mesmo, soberbo? De uma coisa tenho certeza: o Grêmio não foi, e nem ao menos pareceu ser, um time concentrado. O Grêmio entrou em campo dormindo e acordou perdendo. Não sei o que Celso Roth falou na preleção, mas certamente o Grêmio não estava preparado para aquele início de jogo. Celso Roth não aprendeu nada com os erros de Adilson Batista.

E não aprendeu, também, com os erros que ele mesmo já cometeu neste Campeonato Brasileiro, afinal, depois de ter sido goleado pelo modesto Ceará, Celso podia ter aprendido ao menos a evitar resultados desastrosos como o de ontem.

Celso Roth foi o treinador que Paulo Odone foi ressuscitar para livrar o Grêmio de mais um rebaixamento. Para isso ele serve, só para isso. Esse negócio de ganhar jogos em sequência, de fazer campanha, de ser campeão, isso não é com ele. Celso Roth ainda não aprendeu a vencer. Aliás, a única coisa que Roth parece ter aprendido perdendo foi a continuar perdendo.

Então, não é hora de nos desesperarmos. Afinal, o treinador é o Celso, né? E quando contrataram Celso Roth já dava para saber que seria assim. Ou será que alguém acreditou que desta vez ia ser diferente?

***

Anúncios

A ficha do jogo: Grêmio 1×1 Vasco–19/jun/2011

 

Grêmio 1×1 Vasco

 

>>> Veja os melhores momentos de Grêmio 1×1 Vasco

 

Grêmio:Victor; Gabriel (Vilson), Mário Fernandes, Saimon e Neuton; Fábio Rochemback, Willian Magrão, Lúcio (Escudero) e Douglas; Lins e Júnior Viçosa (Roberson). Técnico: Renato Portaluppi.

Vasco: Fernando Prass; Fagner, Dedé, Anderson Martins e Ramon; Romulo, Allan e Felipe (Jumar); Diego Souza (Bernardo), Eder Luis e Alecsandro (Elton). Técnico: Ricardo Gomes.

Gols: Bernardo (Vasco), aos 31min; Roberson (Grêmio), aos 39min, ambos no segundo tempo.

Cartões amarelos: Fábio Rochemback, Willian Magrão e Saimon (Grêmio); Fagner, Allan, Bernardo e Jumar (Vasco).

Local: Estádio Olímpico Monumental – Data: Domingo, 19 de junho de 2011, às 16:00 hs.

Público: 16.322 presentes – Renda: R$ 248.001,50.

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO) – Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Márcio Soares Maciel (GO).