Arquivo da tag: Democracia

Eu não sou negão.

 

 

 

 

Se eu tivesse nascido preto, provavelmente minha vida teria sido diferente. É bem provável que eu, que pouco sofri perseguição, tivesse sido muito perseguido e discriminado.

Se eu tivesse nascido preto, provavelmente já conhecesse as paredes internas de uma cela de delegacia ou presídio, ainda que eu fosse tão honesto quanto sou, se eu tivesse nascido preto, talvez já tivesse conhecido.

Se eu tivesse nascido preto, provável é que jogasse futebol melhor do que jogava quando mais jovem. Com certeza, eu que não danço absolutamente nada, saberia dançar e até sambar. Possivelmente eu soubesse até cantar.

Se eu tivesse nascido preto, provavelmente não teria trabalhado em alguns dos lugares onde já trabalhei, uma vez que em alguns destes lugares nunca vi nenhum negro. Coincidência? Sei lá.

Se eu tivesse nascido preto e tentasse apartar uma briga entre dois amigos meus que fossem brancos, provavelmente correria o risco de ser preso caso a Brigada chegasse, pois certamente iam achar que eu estava tentando agredir os brancos.

Se eu tivesse nascido preto e fosse pai de filhos adolescentes teria que temer por seus futuros infinitamente mais do que os pais de meninos brancos.

Se eu fosse igual ao Lula, tão bom quanto o Lula, mas tivesse nascido preto, será que conseguiria me eleger presidente?

Se eu tivesse nascido preto, minha visão de preconceito seria inteiramente diferente, pois não o estaria vendo, mas sentindo.

Se eu tivesse nascido preto, eu seria de outra cor, mas não creio que seria outra pessoa. Se eu tivesse nascido preto, não acho que teria mais defeitos do que tenho, acho apenas que meus defeitos seriam menos tolerados.

Eu não seu negão, mas se tivesse nascido preto e tivesse a altura que tenho, eu seria só um neguinho.

Hoje é o Dia da Consciência Negra, não consigo imaginar uma data melhor para que os ‘brancos’ ponham a mão na consciência.

Anúncios

Às vezes, no silêncio da noite…

.

Às vezes, no silêncio da noite…

… FHC sonha que é o Lula. Obama também. (O Serra não tem esse direito).

… Fernando Carvalho chega a imaginar que é Fábio Koff.

… eu penso que só o apoio de Lula não será suficiente para Dilma Rousseff.

… me assaltam lembranças d’A Batalha dos Aflitos’.

… eu fico imaginando nós dois.

… as luzes se apagam e, segundo a mídia social-democrata, a barbárie domina o país.

… eu durmo em paz, feliz por ser honesto.

… aparecem doze (que bastante!) baldes d’água na lua.

… um carinho cai bem.

… me apiedo de Maria Bethânia. Que maninho esse teu, hein?

… faço coisas que não vou contar aqui.

…eu ia pra Ghoete comemorar. Se bem que essas não eram noites silenciosas.

… Caetano Veloso pensa: como aquele analfabeto conseguiu?

… sozinho,  eu escuto Caetano:

Às vezes, no silêncio da noite, tenho que admitir que esse analfabeto social é um baita artista.

Às vezes, sozinho no silêncio da noite, eu me pregunto onde está você agora?